Notícias

 

Dos quatro aeroportos que movimentam mais de 15 milhões de passageiros por ano, o Aeroporto Internacional do Galeão, foi considerado o melhor na categoria. A avaliação, que faz parte do resultado do terceiro trimestre de 2018 da Pesquisa de Satisfação do Passageiro do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação, apontou que o terminal recebeu nota 4,45 no indicador que mede a satisfação geral, numa escala de 1 (muito ruim) a 5 (muito bom).

Segundo a pesquisa, dos 38 indicadores avaliados pelos passageiros, 87% tiveram notas acima de 4, média estabelecida pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero). Além de ter sido o único a ter superado a meta do governo em relação à qualidade do wi-fi disponibilizado pelo aeroporto (4,06) e de ter tirado a melhor nota no item sobre quantidade e qualidade de estabelecimentos comerciais (4,31), o Galeão também se destacou entre os três melhores nos indicadores sobre cordialidade e prestatividade dos funcionários do check-in (4,78), qualidade da informação prestada pela companhia aérea (4,62) e tempo de fila na imigração (4,67).

Leia o relatório na íntegra.

SANTOS DUMONT – O aeroporto doméstico do Rio de Janeiro, Santos Dumont, que pertence à categoria de movimentação entre 5 a 15 milhões de passageiros por ano, recebeu nota 4,42 no índice geral de satisfação. O aeroporto, que não opera voos internacionais e por isso não tem pontuações sobre órgãos públicos, recebeu notas acima da média em 24 dos 32 itens questionados. Dos indicadores mais bem avaliados, estão: integridade sobre bagagem (4,62), quantidade e qualidade de estabelecimentos comerciais (4,20) e tempo de fila no check-in (autoatendimento) (4,78).

Em contrapartida, o aeroporto teve notas abaixo da meta em itens como conforto acústico do aeroporto (3,74), pelo qual levou a menor pontuação dos 20 aeroportos avaliados, facilidade de desembarque no meio-fio (3,82) e qualidade da internet disponibilizada pelo aeroporto (3,12).

Confira a matéria completa no Link

Fonte: Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil