Notícias

No último dia 28/08, ocorreu, no auditório do RIOgaleão Cargo, a segunda edição de 2019 do Fórum RIOgaleão Cargo, que teve como destaque a apresentação  da Receita Federal, que divulgou o novo modelo de Controle de Carga e Trânsito – CCT Aéreo Importação. Mais de 160 convidados, entre importadores, exportadores, despachantes, agentes de carga, representantes de companhias aéreas, da Receita Federal e de órgãos anuentes, participaram do encontro para debater temas importantes para a atividade. Em dezembro, será realizada a terceira edição do evento neste ano.

A abertura do fórum ficou a cargo do diretor de Aerobusiness e Carga do RIOgaleão, Patrick Fehring, que atualizou informações sobre a malha aérea do Aeroporto Internacional Tom Jobim, reforçando a participação de cada uma das companhias aéreas, incluindo fluxos exclusivamente de cargueiros, além de esclarecer  conceitos que envolvem custos operacionais do aeroporto.  Atualmente, o RIOgaleão Cargo conecta 26 destinos internacionais com os principais mercados de importação e exportação do Brasil, além de 25 destinos domésticos, e somado ao atendimento das operações do Aeroporto SDU, reforça o posicionamento do Rio de Janeiro como o principal hub doméstico do Brasil.

Fehring também apresentou o projeto RIOgaleão Log, que representa o primeiro passo para a criação de um condomínio logístico no Terminal de Cargas do RIOgaleão. Após receber investimento de R$ 15 milhões em reformas, um armazém de 8 mil metros quadrados, anteriormente ocupado pela Varig Log, está em fase de finalizações, para em breve iniciar suas operações. A ideia é ampliar a oferta de serviços dentro do TECA e reforçar o posicionamento do RIOgaleão Cargo como um uma plataforma logística eficiente e um dos principais hubs para o modal aéreo de comércio exterior no país. A concessionária já está em negociações fechadas com dois inquilinos para o RIOgaleão Log.

— A saída de cargas para galpões externos, que depois precisarão retornar ao terminal, envolve tempo e custo. É possível suprimir esta etapa do processo se você oferecer esses serviços no aeroporto. O RIOgaleão Log é o primeiro passo para a criação de um condomínio logístico. O nosso negócio está mudando, e o aeroporto precisa mudar também. Precisamos criar serviços de valor agregado no aeroporto. Estamos nos preparando para o futuro — explicou Fehring.

Em seguida, a auditora fiscal e delegada adjunta da Receita Federal no Galeão, Patrícia Miranda, expôs a importância da Comissão Local de Facilitação ao Comércio Exterior (COLFAC). Instituída em dezembro de 2018, a COLFAC promove encontros mensais, visando facilitar a comunicação entre os intervenientes. O objetivo da COLFAC é promover a discussão entre usuários e entes públicos de propostas de aprimoramento dos procedimentos relativos à exportação, à importação e ao trânsito de mercadorias, além de debater a participação colaborativa nos processos de implementação das disposições sobre facilitação do comércio. Os temas das reuniões mensais são sugeridos pelos próprios participantes. Excepcionalmente no mês de Agosto, a pauta da COLFAC foi tratada dentro do próprio Fórum, pela sinergia entre os temas apresentados, nesse sentido, o auditor fiscal Cláudio Mascarenhas, chefe da equipe de Tecnologia da Informação da Alfândega do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, apresentou o novo módulo Recintos, previsto para o Portal Único, para fins de controle dos sistemas informatizados relacionados à movimentação de pessoas, veículos e cargas no âmbito dos recintos aduaneiros.

E como destaque na segunda edição do fórum deste ano, o auditor fiscal da Receita Federal João Luiz de Lucca Sobrinho falou de maneira geral sobre o projeto do Portal Único, abordou a Declaração Única de Importação (DUIMP) e detalhou o novo processo de Controle de Carga e Trânsito Aéreo – CCT Importação.  Sobrinho apresentou as ferramentas do Portal Único, como principal iniciativa de desburocratização do comércio exterior no Brasil, e destacou a importância de otimizar a liberação de cargas.

O Fórum RIOgaleão Cargo, que acontece desde 2016, é um encontro para expor ideias e buscar soluções, promovendo interação e discussão entre os diversos agentes com atuação voltada para a carga aérea. Esta é a segunda edição de 2019 – o primeiro aconteceu em fevereiro e debateu os resultados operacionais de 2018, o novo processo de LPCO no CCT e a implantação do sistema CMS/SAP na Exportação.

9ª Reunião Colfac – Ata e Lista de presença

Apresentação CCT Aéreo

Confira algumas fotos do evento
img_9910img_9896_fórumimg_9889_fórumimg_9864_fórumimg_9836_fórumimg_0050_fórumimg_0045_fórumimg_0030_fórumimg_0026_fórumimg_0024_fórumimg_0020_fórumimg_9987_fórumimg_9985_fórumimg_0015_fórumimg_0012_fórumimg_0005_fórumimg_9992_fórum